Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Aqui deverão ser postados os assuntos relacionados à mecânica, especificamente do modelo Ténéré 250.
Avatar do usuário
steder20
Usuário-
Usuário-
Mensagens: 63
Registrado em: 30 Jun 2013, 06:30
Cidade onde mora: São José/SC

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por steder20 » 02 Jun 2017, 06:31

Olá, povo!
No ano passado, depois de uma viagenzinha até o MT (a segunda de moto, a primeira com garupa), passando por esplêndidos buracos, valetas e quebra-molas. Na revisão depois da volta, o mecânico falou que o amortecedor traseiro estava capengo. Aí pensei comigo: "Bem que havia um rebolation desnecessário!"
O gerente falou o seguinte: "Morra com 1200 facadas por um novo ou use um recondicionado!" :twisted:

1200 nem f***!! :pdavida: :pdavida:

Vi na internet este da Cmotos, mas não gostei da ideia de desmontar, ficar com a moto muitos dias parada, incerteza da qualidade...

Conversando com pessoal de oficinas de moto, recomendaram um preparador de suspensões aqui da região da Grande Florianópolis (acho que o gerente da oficina da Yamaha já havia falado dele). Fui lá falar com o cara e a conversa foi o seguinte: 950 facadas :crazy: , melhorar o amortecedor original com peças usinadas por ele, óleo de alta performance, ajustes adequados para meu uso e possibilidade de dar manutenção quando precisar. Fechado! :joinha: Moto três dias com ele.

Resultado: a suspensão ficou muito melhor que a original. :palmas: :animado: :urrruuu:
Fora o uso urbano (uma ou outra saída durante a semana), passeios nas redondezas (com fora de estrada) ainda fizemos uma viagem em março de uns 3000km e a suspensão traseira continua firme.

Para quem é da região acho que vale a pena. O preço é um pouco salgado, mas a qualidade compensa. Quem quiser o contato manda MP.

Abraços!

Carlos Blumer
Novato-
Novato-
Mensagens: 3
Registrado em: 01 Dez 2015, 20:47
Cidade onde mora: Navegantes/SC

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por Carlos Blumer » 25 Jun 2017, 18:13

Vendo o pessoal reclamar um pouco da suspensão traseira e eu mesmo já tinha percebido que é realmente estranha, peguei o dia de hoje para estudar um pouco mais e cheguei a uma ideia do que acontece, amortecedores em geral tem um curso útil de funcionamento e neste curso devido ao óleo há um retardo ou melhor dizendo uma dificuldade de se correr este o curso. Nas extremidades existe uma jogada que em caso de se usar todo o curso útil e para não haver pancadas secas nas nelas, aquela dificuldade provocada pelo óleo é aumentada gradualmente até se chegar ao final sem uma pancada forte perceptível. Bem, o que percebi e com o uso vou ver se fecha a teoria, é que, quando se tira a moto do cavalete lateral e coloca ela em pé, já se usa um pedaço do curso útil, coloca-se o peso do piloto, mais um pouco do curso e com carona via que já chegava praticamente no final. conclusão, traseira dura. Bem o que fiz, retirei o amortecedor e reajustei a pressão da mola pela porca. fiz uma marca de referencia para saber o quanto avancei, marca até a porca de trava 10 mm, depois do ajuste a distancia ficou de 20 mm. Com isso deixei o amortecedor com um pouco mais de pressão na mola fazendo que quando se tira do cavalete e se poe em pé ela não abaixa quase nada. Quando se senta abaixa tanto quanto antes mas veja, abaixa o curso igual a anteriormente mas longe do fim de curso (que é bem mais duro) só falta testar com garupa para ver se continua a rodar dentro do curso normal (mais macio e não na extremidade que é mais duro.) o único ponto negativo é que ela ficou um pouco mais alta, ficando nas pontas dos pés rsss. Se caso se esse procedimento aprovar vou ver como vou fazer para rebaixar um pouco a traseira para ficar mais ajustada a minha estatura. Aparentemente aprovou, se realmente aprovar vou voltar um pouco o ajuste para ver como fica, posso ter exagerado pois usei o ajuste no fim do curso. tirei umas fotos do procedimento e tentarei colocar aqui. Vou aproveitar pedir desculpa pelo jornal que fiz, é que não sei explicar de outra forma mais compacta rsss.

Avatar do usuário
lucasmartins44
Novato
Novato
Mensagens: 26
Registrado em: 09 Out 2015, 13:44
Cidade onde mora: Carapicuíba/SP

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por lucasmartins44 » 29 Jun 2017, 11:30

A COFAP acaba de lançar amortecedor para a Lander/Tenere.

Preço R$600,00 com 6 meses de garantia. Creio ser uma ótima opção pois a Cofap sempre foi uma marca referência em amortecedores. Os chineses apesar do preço atrativo, possuem uma vida útil muito baixa.

Bom se alguém testar depois, favor deixar um feedback

Avatar do usuário
hsoares
Novato-
Novato-
Mensagens: 13
Registrado em: 13 Set 2016, 21:19
Cidade onde mora: SãoPaulo/SP

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por hsoares » 05 Set 2017, 09:20

lucasmartins44 escreveu:A COFAP acaba de lançar amortecedor para a Lander/Tenere.

Preço R$600,00 com 6 meses de garantia. Creio ser uma ótima opção pois a Cofap sempre foi uma marca referência em amortecedores. Os chineses apesar do preço atrativo, possuem uma vida útil muito baixa.

Bom se alguém testar depois, favor deixar um feedback
Eu ia falar isso agora.
Eu comprei um SCUD há uns meses, mas se fosse hoje, compraria COFAP. Já usei em carro e a marca é boa

Avatar do usuário
hsoares
Novato-
Novato-
Mensagens: 13
Registrado em: 13 Set 2016, 21:19
Cidade onde mora: SãoPaulo/SP

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por hsoares » 05 Set 2017, 09:25

Carlos Blumer escreveu:Vendo o pessoal reclamar um pouco da suspensão traseira e eu mesmo já tinha percebido que é realmente estranha, peguei o dia de hoje para estudar um pouco mais e cheguei a uma ideia do que acontece, amortecedores em geral tem um curso útil de funcionamento e neste curso devido ao óleo há um retardo ou melhor dizendo uma dificuldade de se correr este o curso. Nas extremidades existe uma jogada que em caso de se usar todo o curso útil e para não haver pancadas secas nas nelas, aquela dificuldade provocada pelo óleo é aumentada gradualmente até se chegar ao final sem uma pancada forte perceptível. Bem, o que percebi e com o uso vou ver se fecha a teoria, é que, quando se tira a moto do cavalete lateral e coloca ela em pé, já se usa um pedaço do curso útil, coloca-se o peso do piloto, mais um pouco do curso e com carona via que já chegava praticamente no final. conclusão, traseira dura. Bem o que fiz, retirei o amortecedor e reajustei a pressão da mola pela porca. fiz uma marca de referencia para saber o quanto avancei, marca até a porca de trava 10 mm, depois do ajuste a distancia ficou de 20 mm. Com isso deixei o amortecedor com um pouco mais de pressão na mola fazendo que quando se tira do cavalete e se poe em pé ela não abaixa quase nada. Quando se senta abaixa tanto quanto antes mas veja, abaixa o curso igual a anteriormente mas longe do fim de curso (que é bem mais duro) só falta testar com garupa para ver se continua a rodar dentro do curso normal (mais macio e não na extremidade que é mais duro.) o único ponto negativo é que ela ficou um pouco mais alta, ficando nas pontas dos pés rsss. Se caso se esse procedimento aprovar vou ver como vou fazer para rebaixar um pouco a traseira para ficar mais ajustada a minha estatura. Aparentemente aprovou, se realmente aprovar vou voltar um pouco o ajuste para ver como fica, posso ter exagerado pois usei o ajuste no fim do curso. tirei umas fotos do procedimento e tentarei colocar aqui. Vou aproveitar pedir desculpa pelo jornal que fiz, é que não sei explicar de outra forma mais compacta rsss.
Pelo que eu entendi, quanto mais "baixa" estiver a moto, mais dura é a suspensão....
Olha, parece fazer sentido. Recentemente eu regulei a mola pra aliviar a pressão, na intenção de deixar a suspensão mais macia... O efeito foi totalmente o oposto :batecabeca:
A moto fica muito baixa (mais proximo do final do curso) e a suspensão tá mais dura.

eduardo eiji
Usuário-
Usuário-
Mensagens: 74
Registrado em: 05 Jan 2015, 11:18
Cidade onde mora: sao paulo/sp

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por eduardo eiji » 26 Fev 2018, 16:06

A minha chegando aos 50000km e o amortecedor traseiro já tá quase na hora de trocar. O original nas concessionarias está entre 1450 e 1600 reais, fora a mão de obra. A yamaha está fora da realidade. Entrei no site da cofap e não achei o tal amortecedor e só tem o scud. Alguem teve problema com o Scud?

Avatar do usuário
lucasmartins44
Novato
Novato
Mensagens: 26
Registrado em: 09 Out 2015, 13:44
Cidade onde mora: Carapicuíba/SP

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por lucasmartins44 » 26 Fev 2018, 17:30

No mercadolivre tem o COFAP específico para Lander/Tenere 250. Provavelmente só não está aparecendo no catálogo online.

eduardo eiji
Usuário-
Usuário-
Mensagens: 74
Registrado em: 05 Jan 2015, 11:18
Cidade onde mora: sao paulo/sp

Re: Ténéré 250 - Amortecedor traseiro com vazamento

Mensagem por eduardo eiji » 05 Mar 2018, 17:24

Eu achei tb mas não tem dados do vendedor ninguem perguntou e ninguem comprou, prefiro comprar um scud que pelo menos vou receber.

Artur de Castro
Novato-
Novato-
Mensagens: 1
Registrado em: 05 Jun 2018, 19:05
Cidade onde mora: Florianópolis/SC

Tenere 250 2011 Amortecedor Traseiro

Mensagem por Artur de Castro » 05 Jun 2018, 19:21

Meu amortecedor traseiro estragou. Ja comprei 2 modelos pelo mercado libre, diziam ser do modelo 2011 mas não deram certo, a parte que encaixa na balanca (parte de baixo) é mais curta e a mola pega na estrutura. Alguem sabe como acho o amortecedor certo?

mirandalopes
Administrador
Administrador
Mensagens: 1809
Registrado em: 14 Ago 2012, 09:04
Cidade onde mora: Rio de Janeiro/RJ

Re: Tenere 250 2011 Amortecedor Traseiro

Mensagem por mirandalopes » 05 Jun 2018, 23:27

Artur de Castro escreveu:Meu amortecedor traseiro estragou. Ja comprei 2 modelos pelo mercado libre, diziam ser do modelo 2011 mas não deram certo, a parte que encaixa na balanca (parte de baixo) é mais curta e a mola pega na estrutura. Alguem sabe como acho o amortecedor certo?
Aqui vc vai encontrar mais informações.

Att,

Moderação
Miranda

Responder