Bem-vindo: 24 Set 2018, 01:02

Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 488 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 45, 46, 47, 48, 49  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 16 Ago 2017, 19:52 
Offline

Registrado em: 03 Jun 2016, 19:22
Mensagens: 8
Cidade onde mora: maceio
aloisioneto escreveu:
Saudaçoes amigos tenereiros!!!

A uns 20 dias atras fiz uma viagem de aproximadamente 2300km com a T250. Estava carregado com bagagem (bau 45l e par de alforges 30l cada) e garupado (eu e minha esposa devemos pesar uns 130 kg juntos). Rodando com uma velocidade entre 90 e 110 km.h, consegui medias de consumo entre 22 e 24 km.l apenas!!!! Ah, e com essa carga, sofre um pouco nas subidas e ultrapassagens.

A moto, sem duvida, é otima, mas como a turma ja comentou, nao da pra exigir o que ela nao dá, ou seja, se vc pretende rodar a 120 km.h, nao terá folego para as ultrapassagens, por isso, o ideal é se manter paciente e rodar entre 90 e 100 km.h!!!

O banco original de fato é horrivel, por isso, programei paradas a cada 150 km rodados, o que se mostrou ideal para manter a fadiga sob controle.


Ola pessoal, acabei de chegar de uma viagem de 4200 km com a ttt e as mesmas impressoes apenas se confirmaram, a exceçao do consumo que aumentou, consegui medias de 20 a 22 km.l, mas acredito que isso foi devido a bagagem que estava bem mais pesada dessa vez!!!!

Mas o que mais me impressionou foi a robustez da motoca, rodei quase 500 km nas estradas de terra da Estrada Real e nao foi preciso trocar nada alem de oleo, filtro e pastilha de freio...


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 08 Set 2017, 14:07 
Offline

Registrado em: 08 Set 2017, 13:16
Mensagens: 2
Cidade onde mora: São Paulo
Desde 2011, fiz diversas viagens com a Teneré, e só tive problemas com "consumíveis" (relação, pneus, etc...). Segue as duas maiores (com mais de 8000km):

https://www.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=6315177
https://www.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=8807532

Chovendo no molhado: trocar o banco é imprescindível, o consumo sobe bastante com o acelerador no talo (mas a autonomia ainda dá e sobra), e as vezes há a falta daquela acelerada pra passar o caminhão.

Eu e minha esposa pesamos cerca de 130kg juntos, o que deve ajudar um pouco. Conseguimos rodar cerca de 800 km por dia (10 ~ 12 horas parando a cada 2:30) com um baú Givi 47L + bauletos E21 carregados.

Gostei tanto do custo-benefício da tezinha pra grandes viagens que vou vender a minha e armar outra igualzinha :)

_________________
Suzuki Intruder 125 - 2009
XTZ Tenere 250 - 2011


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 08 Set 2017, 17:28 
Offline

Registrado em: 10 Nov 2014, 21:08
Mensagens: 799
Cidade onde mora: guarulhos/Sp
cara a velha maxima... serve para longas viagens vai bem, mas não é o ideal... em vias secundárias vai tranquilo... mas nas principais a tenere sofre p manter a velocidade da via... fazer ultrapassagem então quase impossível dependendo da pista.... mas se tiver paciencia p ir uns 30 ou 40km abaixo da velocidade vai tranquilo...

mantém entre 80 ou 90 na tenere e vai embora... chega no alasca sem dor de cabeça..


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 16 Out 2017, 09:52 
Offline

Registrado em: 27 Jan 2017, 09:31
Mensagens: 89
Cidade onde mora: Salvador/BA
Fiz minha primeira viagem com a patroa nesse feriadão, foram +/- 300km, minha impressão não foi boa, explico: a moto estava levando uns 180kg, entre piloto, garupa, bagagem e acessórios. A velocidade final era sofrível, no máximo 120km/h em descidas e com vento a favor e acelerador enrolado no máximo, na maior parte do tempo não conseguia superar os 105km/h. Não dá para ultrapassar com segurança na maior parte do tempo é preciso ir atrás dos ônibus/caminhões (tomando a devida distância de segurança). Os carros nos "atropelavam" na BR, até mesmo carro 1.0 passava voando pela gente...

Sobre o conforto com o banco original apenas a patroa reclamou, eu senti um pouco, mas já perto de terminar a viagem, umas paradas rápidas resolvem esse desconforto. Para mim o desconforto maior foi no intercomunicador, o microfone estava pressionando a lateral da cabeça e doendo muito, precisei tirar o capacete várias vezes para aliviar esse incomodo.

O consumo ficou em 28km/L, achei bom, já que na cidade faço em torno de 26km/L andando na maior parte sozinho...

Aqui um adentro: minha Té só dá no máximo 126km/h comigo, mesmo sem garupa/bagagem, vejo algumas dando 144km/h, essas devem estar mais acertadas, não sei... a minha está toda revisada, mas não passa disso...


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 22 Out 2017, 18:04 
Offline

Registrado em: 19 Fev 2015, 08:50
Mensagens: 10
Cidade onde mora: Belo Horizonte/MG
Parabéns pelas viagens. Muito bacana os dois roteiros :thumbup:

Ivan Stoiev escreveu:
Desde 2011, fiz diversas viagens com a Teneré, e só tive problemas com "consumíveis" (relação, pneus, etc...). Segue as duas maiores (com mais de 8000km):

https://www.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=6315177
https://www.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=8807532

Chovendo no molhado: trocar o banco é imprescindível, o consumo sobe bastante com o acelerador no talo (mas a autonomia ainda dá e sobra), e as vezes há a falta daquela acelerada pra passar o caminhão.

Eu e minha esposa pesamos cerca de 130kg juntos, o que deve ajudar um pouco. Conseguimos rodar cerca de 800 km por dia (10 ~ 12 horas parando a cada 2:30) com um baú Givi 47L + bauletos E21 carregados.

Gostei tanto do custo-benefício da tezinha pra grandes viagens que vou vender a minha e armar outra igualzinha :)


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 23 Out 2017, 09:00 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 29 Dez 2011, 22:11
Mensagens: 4273
Cidade onde mora: Rio de Janeiro/RJ
tiaguinho escreveu:
Fiz minha primeira viagem com a patroa nesse feriadão, foram +/- 300km, minha impressão não foi boa, explico: a moto estava levando uns 180kg, entre piloto, garupa, bagagem e acessórios. A velocidade final era sofrível, no máximo 120km/h em descidas e com vento a favor e acelerador enrolado no máximo, na maior parte do tempo não conseguia superar os 105km/h. Não dá para ultrapassar com segurança na maior parte do tempo é preciso ir atrás dos ônibus/caminhões (tomando a devida distância de segurança). Os carros nos "atropelavam" na BR, até mesmo carro 1.0 passava voando pela gente...

Sobre o conforto com o banco original apenas a patroa reclamou, eu senti um pouco, mas já perto de terminar a viagem, umas paradas rápidas resolvem esse desconforto. Para mim o desconforto maior foi no intercomunicador, o microfone estava pressionando a lateral da cabeça e doendo muito, precisei tirar o capacete várias vezes para aliviar esse incomodo.

O consumo ficou em 28km/L, achei bom, já que na cidade faço em torno de 26km/L andando na maior parte sozinho...

Aqui um adentro: minha Té só dá no máximo 126km/h comigo, mesmo sem garupa/bagagem, vejo algumas dando 144km/h, essas devem estar mais acertadas, não sei... a minha está toda revisada, mas não passa disso...


Se comprou moto pra andar a mais de 120km/h, melhor descartar a Tenere.
Parte para uma XT66 ou uma GS650 usada.

_________________
Felipe - T250 12/12 Azul
Ex T250 11/11 Preta (Roubada...)


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 24 Out 2017, 16:25 
Offline

Registrado em: 10 Nov 2014, 21:08
Mensagens: 799
Cidade onde mora: guarulhos/Sp
Fmm4100 escreveu:
tiaguinho escreveu:
Fiz minha primeira viagem com a patroa nesse feriadão, foram +/- 300km, minha impressão não foi boa, explico: a moto estava levando uns 180kg, entre piloto, garupa, bagagem e acessórios. A velocidade final era sofrível, no máximo 120km/h em descidas e com vento a favor e acelerador enrolado no máximo, na maior parte do tempo não conseguia superar os 105km/h. Não dá para ultrapassar com segurança na maior parte do tempo é preciso ir atrás dos ônibus/caminhões (tomando a devida distância de segurança). Os carros nos "atropelavam" na BR, até mesmo carro 1.0 passava voando pela gente...

Sobre o conforto com o banco original apenas a patroa reclamou, eu senti um pouco, mas já perto de terminar a viagem, umas paradas rápidas resolvem esse desconforto. Para mim o desconforto maior foi no intercomunicador, o microfone estava pressionando a lateral da cabeça e doendo muito, precisei tirar o capacete várias vezes para aliviar esse incomodo.

O consumo ficou em 28km/L, achei bom, já que na cidade faço em torno de 26km/L andando na maior parte sozinho...

Aqui um adentro: minha Té só dá no máximo 126km/h comigo, mesmo sem garupa/bagagem, vejo algumas dando 144km/h, essas devem estar mais acertadas, não sei... a minha está toda revisada, mas não passa disso...


Se comprou moto pra andar a mais de 120km/h, melhor descartar a Tenere.
Parte para uma XT66 ou uma GS650 usada.


até mesmo p manter 110 ou 120 carregado a tenere sofre muito... a faixa ideial dela cruzeiro da moto* é 80km/hr 6 mil RPM

* Antes de que alguem fale "eu mantenho 120 de cruzeiro", esse que cito é da moto, em média 60% do giro util do motor, qualquer coisa acima disso é a velocidade cruzeiro que o piloto mantém e não a velocidade de cruzeiro da moto.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 31 Out 2017, 16:35 
Offline

Registrado em: 31 Out 2017, 16:10
Mensagens: 1
Cidade onde mora: São Joaquim sc
Boa tarde Srs.!

Desde garoto sou apaixonado por motos, seja qual for o estilo e tamanho.
Compartilho a ideia do Balbino e acrescento que a tenere mesmo com sua baixa potência transmite muita comodidade, entre todos os detalhes de uma viagem sendo muito prática em qualquer eventualidade que apareça no percurso pretendido.
Sou de Minas e recentemente me mudei para o sul do país, no feriado 7 de setembro fui a Minas visitar meus pais e a moto me surpreendeu muito em questão de benefícios.

Sou novo aqui na região e ainda não consegui amigos que compartilham o gosto por viagens de moto, gostaria de aproveitar o fórum e deixar aqui meu convite para novas amizades e com intuito de parcerias em novas aventuras.

Abraço a todos.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 28 Fev 2018, 16:17 
Offline

Registrado em: 01 Fev 2018, 13:40
Mensagens: 1
Cidade onde mora: Santos / SP
somente para esclarecer sobre viagens longas com motos de pequena cilindrada, fiz recentemente uma viagem com minha Fazer 250 2008 de 2300km, sem nem sequer furar um pneu...moto e motor confuavel, economico, robusto para andar entre 100 e 120 km/h.
Existe um site www.viagemdemoto.com onde relatos com motos pequenas são frequentemente postados, alem de que existe tambem um camarada que esta rodando nos EUA com uma 125....portanto, com motos de baixa cilindrada da sim para longas viagens é só respeitar os limites da moto e estar em dia com sua manutenção....de resto bons ventos


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 28 Fev 2018, 17:27 
Offline

Registrado em: 16 Nov 2017, 17:25
Mensagens: 13
Cidade onde mora: vitoria da conquista - BA
tiaguinho escreveu:
Fiz minha primeira viagem com a patroa nesse feriadão, foram +/- 300km, minha impressão não foi boa, explico: a moto estava levando uns 180kg, entre piloto, garupa, bagagem e acessórios. A velocidade final era sofrível, no máximo 120km/h em descidas e com vento a favor e acelerador enrolado no máximo, na maior parte do tempo não conseguia superar os 105km/h. Não dá para ultrapassar com segurança na maior parte do tempo é preciso ir atrás dos ônibus/caminhões (tomando a devida distância de segurança). Os carros nos "atropelavam" na BR, até mesmo carro 1.0 passava voando pela gente...

Sobre o conforto com o banco original apenas a patroa reclamou, eu senti um pouco, mas já perto de terminar a viagem, umas paradas rápidas resolvem esse desconforto. Para mim o desconforto maior foi no intercomunicador, o microfone estava pressionando a lateral da cabeça e doendo muito, precisei tirar o capacete várias vezes para aliviar esse incomodo.

O consumo ficou em 28km/L, achei bom, já que na cidade faço em torno de 26km/L andando na maior parte sozinho...

Aqui um adentro: minha Té só dá no máximo 126km/h comigo, mesmo sem garupa/bagagem, vejo algumas dando 144km/h, essas devem estar mais acertadas, não sei... a minha está toda revisada, mas não passa disso...


Cara sortudo, com garupa e bagagem e enrolando o cabo da terezinha, ainda fez 28 km/l. Não dá pra reclamar, mesmo sem essa final toda. Já fiz várias viagens com a minha, e a menor média que obtive foi 20 km/l. Obviamente que depende também da gasolina, não só da tocada. Na rua andando na manha a minha faz tranquilamente mais de 30 km/l. Hoje ela está com 62 mil km. A final chega facilmente a 130, mas para passar disso ela sofre muito. Só que já não ando enrolando o cabo como antes. Hoje gosto mais de sentir a viagem, a paisagem.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 488 mensagens ]  Ir para página Anterior  1 ... 45, 46, 47, 48, 49  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários registrados: Bing [Bot], Google [Bot], Google Adsense [Bot]


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB