Bem-vindo: 22 Jan 2018, 03:28

Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 18 mensagens ]  Ir para página 1, 2  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 04 Jun 2014, 19:09 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 03 Jun 2013, 09:44
Mensagens: 2922
Localização: São Cristóvão
Cidade onde mora: Rio de Janeiro/RJ
Gostaria de receber opiniões com algum embasamento técnico - isto não é uma enquete pra opiniões "porque sim", "acontece naturalmente" :risadona: Vou tentar resumir uma resposta ao final se surgir um consenso.

Sem querer me alongar muito, eis o probleminha:

Segundo as técnicas de pilotagem para ruas e pistas (p. exemplo Keith Code - "A twist to the wrist"), a técnica de contra-esterço implica que o guidão seja levemente inclinado para o lado oposto da curva afim de entrar na curva, ao mesmo tempo q projetando o corpo levemente para o lado interno da curva de modo a acompanhar a inclinação geral da moto, utilizando eficientemente o poder de aderência dos pneus.

Imagem

Entretanto, segundo algumas técnicas de pilotagem off road, e se pesquisar por imagens no Google haverá muitas fotos de curvas no off road, a técnica seria um pouco diferente: utiliza-se o mesmo contra esterço para fazer a inclinação na entrada da curva da moto, mas o piloto senta-se mais à frente e mantém-se parte do torso bem menos inclinado, esticando o braço do lado inerente da curva, e às vezes lançando o pé do lado interno em direção à roda dianteira - que teria como objetivo aumentar o peso e portanto a aderência da roda dianteira que tem menor área de contato mas maior capacidade de superar obstáculos.

Imagem

Então, a dúvida é, considerando o contexto da nossa moto dual purpose (on/off road), com pneus mistos, qual deveria ser a técnica utilizada no geral - asfalto, estradas de terra, terreno acidentado, etc? Seriam as duas técnicas válidas dependendo do piso, ou haveria uma tendência?

_________________
Imagem Imagem

Minha moto tá meio surrada? Não, eu to fazendo estilo MAD MAX - THE FURY ROAD.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 Jun 2014, 19:21 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 31 Jul 2013, 09:45
Mensagens: 97
Cidade onde mora: Brasília-DF
No asfalto a tecnica de rua e pista. Na terra a tecnica de pilotagem off road. Simples assim.

_________________
Suzuki GSXR 750 2007
Suzuki GSXR 750W 1995
Yamaha XT 600 Z Ténéré 1991
Honda XLX 250 R 1989
Agrale SXT 16.5 1985
Yamaha TT 125 1979
Garelli III - 3 marchas no punho (esqueci o ano)
Mobilete (esqueci o ano)


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 Jun 2014, 19:26 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 29 Dez 2011, 22:11
Mensagens: 4273
Cidade onde mora: Rio de Janeiro/RJ
A tecnica ideal e manter a carenagem o mais longe possível do chão.

_________________
Felipe - T250 12/12 Azul
Ex T250 11/11 Preta (Roubada...)


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 Jun 2014, 21:38 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 27 Jan 2013, 20:17
Mensagens: 1458
Localização: São Paulo
Cidade onde mora: são paulo
Gostei da resposta do Fmm.. kkkkkkkkkkkkkkkkk
Quanto mais longe o tanque do chão melhor.... kkkkkkkkkkkk

_________________
Celio Sales Dias
Tenere 250 Branca, Tenere 660 Azul (conquistada no inicio de 2014) e finada F800 GS Branca, atual Kawasaki Versys X 300 (FIONA)
São Paulo/SP


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 Jun 2014, 21:56 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 03 Jun 2013, 09:44
Mensagens: 2922
Localização: São Cristóvão
Cidade onde mora: Rio de Janeiro/RJ
EFN1969 escreveu:
No asfalto a tecnica de rua e pista. Na terra a tecnica de pilotagem off road. Simples assim.



Não é tão simples :mrgreen:

Técnica "off-road" numa super motard - na pista


Misto da técnica "on-road" e "off-road" com uma moto dual purpose

_________________
Imagem Imagem

Minha moto tá meio surrada? Não, eu to fazendo estilo MAD MAX - THE FURY ROAD.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 Jun 2014, 23:22 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 02 Fev 2013, 15:34
Mensagens: 1180
Cidade onde mora: Rio de Janeiro/RJ
Na dúvida acelera!

_________________
Meu site: ||||||||||||| http://www.dustadventure.com |||||||||||||
Ténéré 250 2013

Não compre peças de origem duvidosa. Não deixe seus amigos comprarem peça de origem duvidosa. O que se planta é o que se colhe, não seja mané.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 04 Jun 2014, 23:35 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 02 Jan 2013, 13:40
Mensagens: 865
Localização: Rio das Ostras, RJ
Cidade onde mora: Rio das Ostras-RJ
Boa pergunta... Aguardando resposta!

Enviado de meu GT-P1000L usando o Tapatalk 2

_________________
Luiz Koudela

http://www.poraiviajandodemoto.blogspot.com.br/


atual TÉNÉRÉ 660cc
ex-TÉNÉRÉ 250cc 20.000km
ex-FAZER 250cc 50.000km


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 05 Jun 2014, 10:46 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 05 Jan 2012, 13:32
Mensagens: 677
Cidade onde mora: São Paulo / SP
Entendo que o estilo off-road de pilotagem visa dar mais estabilidade frente a derrapadas eventuais. Naquela posição você tem mas jogo de corpo para estabilizar a moto se perder alguma aderência momentaneamente - o que em off seria normal.

Já a posição do Keith Code é a certa e mais rápida para corridas, mas se derrapar fica mais difícil controlar a situação. Imagine que você entre numa curva de asfalto que faça todo santo dia, e de repente, antes do fim dela, inesperadamente o chão esteja cheio de areia e pedriscos de uma obra local. Você preferiria estar na posição do keith ou na posição do off?

Por isso acho a resposta do ERN válida. As fotos dos caras fazendo derrapagem controlada não dizem muito; estão em esfalto lisinho, em condições ótimas e controladas, sem guard-rail do lado pra partir o cara em dois se cair. Se dizem alguma coisa, é que a posição de tronco ereto é melhor para quando se derrapa.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 05 Jun 2014, 10:57 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 13 Ago 2011, 15:30
Mensagens: 1326
Localização: Rio de Janeiro - RJ
Cidade onde mora: Cidade/UF
Eu já expliquei isso extensivamente em outros tópicos, mas vou resumir:

Em curva de baixa velocidade, que você vai acelerar bastante na saída dela, você usa o corpo pra fora pisando na pedaleira de fora, e o pé de dentro pra frente - pois o pé pra frente e o peso na pedaleira aumentam a aderência na roda da frente, que vai querer sair do chão pois você tem muita potência na saída de uma curva de baixa. Isto é muito utilizado em off road pra você aproveitar os cravos da parte lateral do pneu, que obviamente gastam menos que a banda central.

Em curva de alta velocidade, onde você não tem tanta potência pra mexer com a distribuição de peso, você pode usar a técnica "de pista", jogando o corpo pra dentro e se apoiando na pedaleira de dentro. Acho que isto é especialmente seguro se você estiver com a banda central do pneu gasta, pois você continua usando esta parte mais "plana" do pneu, com maior área de contato.

VALE RESSALTAR que há um pequeno erro no seu desenho: a sua coluna vertebral tem que ficar alinhada com a moto, de maneira que a sua cabeça vem junto pra fora da proteção da bolha. Não é só a cintura e o joelhinho pra fora, é o corpo todo.

Abs!


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 05 Jun 2014, 13:04 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 25 Nov 2013, 11:37
Mensagens: 220
Localização: São Paulo SP
Cidade onde mora: São Paulo/SP
O contra esterço se usa nas duas situações.
No off, como a área de contato da lateral do pneu é menor do que em um pneu on, e o piso tem menos aderência, a inclinação da moto é menor para evitar que ela saia debaixo de você.

Vale lembrar que quanto maior a velocidade maior a inclinação necessária para fazer a curva, por isso muitas curvas no off, são feitas com a traseira da moto derrapando e fechando a curva, porque se deitarmos muito a moto é chão com certeza.

Além de não inclinar tanto a moto, o corpo também não acompanha a inclinação, senta-se o mais a frente possível com a perna de dentro da curva o mais paralelo com a bengala da moto que conseguir, nunca para baixo, mas paralelo, isso para fazer peso na roda dianteria e também usa-la como mais um ponto de apoio no caso de uma derrapagem na frente. Seu, traseiro na quina do banco do lado de fora da curva ( famoso ku na quina rsss) e peso na pedaleira do mesmo lado para pressionar a roda traseira, assim, melhorando a estabilidade da moto.

A moto deita entre suas pernas e você fica mais reto. Técnica boa para ser utilizada no on, com o piso molhado.

A posição do braço no off é bem diferente e importante, com os cotovelos sempre altos para facilitar e ter uma movimentação maior do esterço do guidão, que com os braços mais baixos e próximos ao corpo não seria possível. A posição deles na curva é natural se mantermos os cotovelos altos e o posicionamento correto do corpo.

No nosso caso (misto) ambas são validas, pois nosso pneu tem uma banda lateral bem maior que no off o que permite inclinar a moto, mas também uso sempre a técnica do off, principalmente em curvas curtas e sequenciais, como numa serra, piso molhado ou estradas de terra.

No caso do super motard, vale lembrar que são motos de off road, com pneus de on road que permitem fazer praticamente um drift com elas.

Acho que é isso

Abraços

_________________
www.updigital.net
XT 660Z Ténéré
Cambuci - São Paulo -SP


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 18 mensagens ]  Ir para página 1, 2  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários registrados: Bing [Bot]


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB