o corredor......

Aqui ficarão as informações sobre técnicas de direção defensiva (pilotagem) e outras dicas sobre prudência e responsabilidade no trânsito.

Re: o corredor......

Postby faustomiziara » 17 Jun 2014, 20:57

Só aqui dois relatos de "quase acidentes" por conta de outras motos. Eu me sinto mais ameaçado por outras motos do que por carros. Carros têm uma certa previsibilidade, até para fazer merda. Agora moto não, os caras fazem qualquer coisa.
faustomiziara
 
Posts: 44
Joined: 13 Jan 2014, 20:46
Location: Goiânia, GO
Cidade onde mora: Goiânia/GO

Re: o corredor......

Postby Rammster » 18 Jun 2014, 11:17

vendo um forum gringo na hora lembrei desse tpc

Image
Atual
Ténéré 250 - 2013

Ex
Biz + 2006
YBR 2003
Falcon 2000
CB 400
XT 1998
Hornet 2006
TDM 225 2000
DT200R 1995
TDM 225 2000
User avatar
Rammster
 
Posts: 219
Joined: 30 Jun 2013, 19:56
Location: Santos/SP
Cidade onde mora: Santos/SP

Re: o corredor......

Postby udnan » 18 Jun 2014, 13:45

Muito legal esse post e olha que eu li tudo e assisti todos os vídeos.
Eu estou com 5.6 e ando de moto desde os 17 anos. Fiquei os últimos 10 anos sem andar no on, apenas no off e no final de 2013 comprei a Te66.
A anos atrás era muito mais tranquilo andar de moto, nem motoboy existia rss, eram menos carros, menos motos e consequentemente menos acidentes.
Hoje, se tenho que sair e sei que vou pegar transito, prefiro ir carro, no conforto do ar condicionado, ouvindo um som etc. Não arrisco ir de moto, mas sou meio privilegiado pois resido onde trabalho e não tenho muita necessidade de sair.
Mas qdo estou de moto, claro que ando no corredor e sempre tem os motoqueiros que se acham pilotos e os motoristas que que não nos respeitam.
Eu quase não uso a buzina a não ser em extrema extrema necessidade ( alias, é para isso que ela serve ), caso contrário, pisco o farol alto que para mim dá mais resultado. O uso da buzina por grande parte do motoboys são mais para azucrinar e devem achar bonito, radical, sei lá o que, pois vejo muitas vezes o transito totalmente parado e os motoboys metendo o dedo na buzina, para que ?
Um colega acima postou que tem mais receio dos motoboys do que dos carros, concordo com ele, eu também. Sempre que passei algum susto e graças Deus foram muito poucos, foram com motoboys entrando na minha frente vindo de outro corredor, pressionado para que eu ande mais rápido no corredor ou coisa parecida. Com os carros, foram bem menores os problemas.
Não acho que a buzina ajude, pois vira uma bagunça danada, vários buzinando ao mesmo tempo onde acaba mais irritando do que resolvendo.
Eu mesmo me irrito muito com as buzinas das motos. Qdo estou de carro, e percebo que é de sacanagem, eu espero o motoboy estar ao lado da frente do carro e meto a mão no buzina (a ar que parece um trem) para sentirem como é bom.
Na verdade, tudo questão de educação e punir os infratores. O Brasil é um pais que tem muitas leis, mas é o que menos as aplica e muitas vezes de maneira errada.
Eu percebo muita boa vontade dos motoristas que sempre abrem passagem e eu sempre agradeço para tentar manter a boa relação rssss.

Abraços
www.updigital.net
XT 660Z Ténéré
Cambuci - São Paulo -SP
User avatar
udnan
 
Posts: 220
Joined: 25 Nov 2013, 11:37
Location: São Paulo SP
Cidade onde mora: São Paulo/SP

Re: o corredor......

Postby Sevla » 19 Jun 2014, 11:00

Este é um tema polêmico... conduzo carro a 30 anos e
iniciei minhas aventuras com a moto no inicio de 2011, e neste forum encontrei relatos que ajudaram em minha escolha, uma T, minha negona, primeira e única.
O transito, evidentemente, não é composto apenas por veículos, mas sim por pessoas que os consuzem e, por por sua vez, tem sua escolha, não me atrevo enveredar pelo fator razão, porem, no dia a dia vejo que, gradativamente, a cortesia no transito esta brotando (evidente que sempre havera a erva daninha desatenta, imprudente, imperita e até mesmo negligente ou perversa) sou adepto aos corredores, pois sem eles, num congestionamento, receio que não seja possível obter locomoção agil.
Eu decidi que devo ser mais cortez no transito e agradecer as contribuiçoes dos condutores de carros que, ao verem que o corredor esta apertado para minha passagem, estersam sua direção para abrir passagem e eu os agradeço e elogio. Quando estou com o carro tenho redobrado a atenção e procuro manter o corredor livre para passagem das motos.
Para encerrar... outro dia um condutor fechou a passagem pelo corredor, o passageiro pediu a ele que liberasse a passagem para eu passar, pois ele estava parado a dois metros de distãncia do veículo a sua frente, e o motorista gritou dizendo: Eu quero é mais que mototoqueiro se f@£€$* vai tomar no curso... E eu respondi ao passageiro: Você é uma ótima pessoa... vá com Deus, um dia o motorista acorda!.
;-)


Enviado de meu LG-P500h usando o Tapatalk 2
Image

XTZ TÉNÉRÉ 250 - PRETA - 2011
User avatar
Sevla
 
Posts: 317
Joined: 20 Apr 2011, 00:07
Cidade onde mora: Guarulhos - SP

Re: o corredor......

Postby valente » 19 Jun 2014, 12:12

Chamar a atenção é importante: Cada vez que agradecemos um espaço cedido por um motorista chamamos a atenção positivamente para nós. No entanto se todos começarmos a buzinar o tempo todo a buzina vai se tornar parte do barulho da moto e quando realmente for necessária não vai surtir efeito.


Enviado do meu iPad usando o Tapatalk
Mais importante que acrescentar anos à vida é acrescentar vida aos anos que nos restam !
Vamos andar de moto !!!
User avatar
valente
 
Posts: 26
Joined: 22 Apr 2014, 16:45
Cidade onde mora: Rio de janeiro/RJ

Re: o corredor......

Postby Campana » 19 Jun 2014, 16:54

Sevla, também sou novo no mundo das motos, apesar de dirigir veículos a mais de 20 anos e tenho percebido esses quadro de cooperação e eu mesmo tenho ficado muito mais ligado na questão de deixar o corredor mais amplo quando estou de carro e agradecendo aos motoristas quando estou de moto...acho que a humanidade tem salvação...kkk

Edson Campana
Ténéré 250 2013/2013 - Branca - "Frida"
User avatar
Campana
 
Posts: 429
Joined: 07 Feb 2014, 13:48
Location: ZS - Início Rodovia Anchieta
Cidade onde mora: São Paulo/SP

Re: o corredor......

Postby Sevla » 19 Jun 2014, 18:14

Campana wrote:Sevla, também sou novo no mundo das motos, apesar de dirigir veículos a mais de 20 anos e tenho percebido esses quadro de cooperação e eu mesmo tenho ficado muito mais ligado na questão de deixar o corredor mais amplo quando estou de carro e agradecendo aos motoristas quando estou de moto...acho que a humanidade tem salvação...kkk


:mrgreen: Sim Campana... também acredito que a humanidade tem salvação... basta iniciarmos com o bom uso da empatia, em todas as situações.
:)

Enviado de meu LG-P500h usando o Tapatalk 2
Image

XTZ TÉNÉRÉ 250 - PRETA - 2011
User avatar
Sevla
 
Posts: 317
Joined: 20 Apr 2011, 00:07
Cidade onde mora: Guarulhos - SP

Re: o corredor......

Postby Marcel MM » 19 Jun 2014, 23:06

Aqui no RJ é um pouco mais tranquilo, quando tem algum desesperado diminuo mais ainda e quando der abro pro sujeito.
XTZ Ténéré 250 Dragon Eyes
Moto Clube Bodes do Asfalto - Facção RJ
User avatar
Marcel MM
 
Posts: 816
Joined: 20 Feb 2013, 22:33
Cidade onde mora: Rio de Janeiro / RJ

Re: o corredor......

Postby stcowboy » 31 Jul 2014, 11:26

Ótimas experiências nesse tópico.

No entanto, algumas coisas com as quais não concordo:

- Ando até a velocidade X no corredor ou só ando nele com trânsito parado.

A velocidade máxima depende do corredor e deve ser avaliada constantemente. Da mesma forma que rodar a 80km/h em um corredor estreito é perigoso, rodar em um largo a 20km/h também é. Óbvio que o limite será sempre menor que a velocidade da via em condições normais, mas não há receita mágica para ter segurança nessas condições.

Quanto a andar no corredor apenas com o trânsito parado e junto aos carros em demais situações, quem age dessa forma aumenta enormemente as chances de uma colisão traseira. Ando sempre próximo da extremidade da pista, pronto para desviar e entrar no corredor a qualquer momento em que essa atitude aumente minha segurança. Já me livrei de diversos acidentes dessa forma.

- Ando no corredor da pista da direita.

Para os motoristas, não existe corredor na pista da direita, é meio que "uma lei não escrita". Ao trafegar por lá, você torna sua presença imprevisível, além do fato de que ao dar passagem por esse lado, os motoristas acabam estreitando o corredor, colocando em risco a segurança daqueles que estão agindo de forma previsível. A forma mais segura de andar no corredor é na esquerda. Se aparecer um cachorro louco atrás, deixe-o passar quando tiver chance e continue seu caminho, a "seleção natural" se encarregará dele.

Para mim, a regra mais importante no trânsito, não importando o meio de transporte utilizado é:

SEJA PREVISÍVEL!
Image
stcowboy
 
Posts: 268
Joined: 28 Dec 2013, 11:37
Cidade onde mora: São Paulo/ SP

Re: o corredor......

Postby Maffe » 27 Aug 2014, 11:20

Ainda não tenho a dita habilitação para motos, mas uma coisa é certa: Só vou para o corredor quando estiver seguro comigo mesmo.

De carro tento ajudar deixando mais para o lado e tal, mas noto que outros motoristas não dão bola para isso (aqui onde moro pelo menos..)

stcowboy wrote:Para os motoristas, não existe corredor na pista da direita, é meio que "uma lei não escrita". Ao trafegar por lá, você torna sua presença imprevisível, além do fato de que ao dar passagem por esse lado, os motoristas acabam estreitando o corredor, colocando em risco a segurança daqueles que estão agindo de forma previsível.


Na minha cidade a maioria das ruas tem duas faixas para cada sentido, e entre os carros que trafegam na direita e os estacionados, são poucas motos que se aventuram, pelo perigo de alguém abrir uma porta (mesmo de carro tenho esse medo).

off: Ler esse tópico me deixou beeeeeem mais tranquilo :lol:
Ténéré 660 Cinza - 50 Tons de cinza :P
Ténéré 250 Azul - Como ela deveria ser desde sempre \o/
Crosser 150 Laranjinha - Uma "mini big trail" :P
User avatar
Maffe
 
Posts: 23
Joined: 25 Aug 2014, 11:12
Cidade onde mora: Passo Fundo/RS

PreviousNext

Return to DICAS E TÉCNICAS DE PILOTAGEM

Who is online

Registered users: Bing [Bot], Google [Bot], PatricCipriano