KTM 390 Duke uma por todas.

Poste aqui sobre as motocicletas de outros fabricantes.
Avatar do usuário
Cicero Costa
Novato-
Novato-
Mensagens: 6
Registrado em: 28 Abr 2014, 19:11
Cidade onde mora: Oeiras/Pi
Contato:

KTM 390 Duke uma por todas.

Mensagem por Cicero Costa » 07 Fev 2015, 20:14

A KTM 390 Duke desembarca em terras brasilis. Sim! ela Já estar confirmada para ser comercializada no Brasil a partir de Abril de 2015. Sugiro que leia atentamente esta matéria.

Uma por todas. É o que promete a KTM em seu slogan para a 390 Duke, uma moto que vale por muitas. Se você procura uma moto de qualidade, divertida e com preço acessível, esta Duke é o páreo mais duro que se pode colocar num comparativo de médias pequenas, entre 300cc e 400cc. Tecnologia em "estado de arte" é uma especialidade da KTM, e esta pequena grande moto vai impressionar pela sua força, leveza e dinâmica. Com 139kg a seco (aproximadamente 152kg com tanque cheio), 43cv de potência máxima, e pouco mais de 370cc no motor, ela tem atributos de causar inveja na concorrência. Comece a ler, e no final diga que não quer ter uma.
Esta aqui é bonitinha, gostosinha e safadinha. Ela vai querer pegar você que tá dando bobeira entre 300cc e 500cc.
O cockpit do piloto tem tudo que caracteriza uma genuína KTM. Desde o chassi, com componentes de alta qualidade, ao painel digital multifunção que lhe mantém informado sobre o consumo e a autonomia restante. Uma vasta gama de opções lhe permite personalizar sua moto ao seu gosto.
Passeando ou radicalizando, a 390 Duke está sempre pronta e corresponder.
A KTM 390 Duke foi projetada para oferecer conforto na condução a dois, passeando a só ou pilotando de uma forma mais radical. Com a posição do piloto mais ereta, o campo de visão fica ampliado. A agilidade e segurança da moto é obtida com um ótimo espaço para deslocamento, que permite tanto o piloto ter mais sensibilidade, como uma vasta opção de posicionamento para otimizar o controle durante a pilotagem da moto. O tanque ajuda nesse aspecto com uma boa área para encaixe dos joelhos.
Rodas e pneus estudados para o melhor desempenho, segurança e durabilidade. O pneu traseiro é um grande 150mm.
As rodas de 17 polegadas oferecem leveza, estabilidade e sensibilidade para a pilotagem com seu composto de alumínio. São calçadas com os ótimos pneus Metzeler de 110mm na frente e 150mm atrás, que demostram grande aderência, tanto no seco como no molhado, bem como grande durabilidade.
O sistema de freio Brembo com ABS Bosch 9M é um conjunto de qualidade profissional, preparado para condições extremas.
O sistema de freios ABS BOSCH 9M é o que há de melhor na atualidade, com a opção de ser desabilitado para aqueles que sabem como se divertir de uma forma mais radical. Combinado com pinças de quatro pistões radiais Brembo e disco de 300mm, o conjunto dianteiro é extremamente potente e combina perfeitamente com as qualidades do quadro.
Muita potência e pouco peso são ingredientes de uma receita esportiva. Aliados à alta tecnologia, o resultado impressiona.
Com potência de 43cv e peso a seco de 139kg, a 390 Duke é muito ágil. Um quadro de primeira classe é formado por tubos numa estrutura tipo treliça, já bem desenvolvido pela KTM, que faz da moto uma verdadeira surfista de curvas. O centro de massas baixo e próximo ao centro de gravidade promove a precisão e a manobrabilidade, perfeitas para se livrar do trânsito pesado na hora do rush.
A suspensão também utiliza materiais nobres para oferecer uma ciclística com desempenho compatível com o motor.
O sistema de amortecimento dianteiro é feito com um par de bengalas invertidas de 43mm da WP com a mesma qualidade de um equipamento de competição, oferecendo alto nível de precisão e estabilidade. A balança traseira de liga de alumínio usa o mesmo sistema da 690 Duke, com vigas de face externa treliçada, com link de articulação acoplado no amortecedor traseiro WP, obtém extrema resistência à torção e altíssima estabilidade direcional.
A moto foi detalhadamente pensada para ser ágil e econômica. Não faltam componentes de qualidade. Padrão KTM.
O motor tem um projeto bem elaborado, injeção eletrônica de última geração e câmbio curto de seis marchas. Isto permite a 390 Duke ter, não somente uma grande performance, mas também um consumo de combustível extremamente baixo. E graças ao conversor catalítico, as emissões são mínimas. A capacidade de 11 litros do tanque de combustível ajuda a manter o centro de gravidade baixo e mesmo assim ainda permite uma ótima autonomia graças ao baixo consumo de combustível.
O cilindro do motor tem revestimento de NiCaSil para reduzir o atrito, aumentar a durabilidade e liberar mais potência.
O propulsor monocilíndrico é completamente novo. É um característico exemplar da força da KTM, com tecnologia em estado de arte. Fica claro que os materiais nobres e a tecnologia de produção não só entregam um massivo torque e forte aceleração a qualquer velocidade, como também suavidade e incrível economia no uso diário. Com 373cc de capacidade e pesando apenas 36 kg, graças ao compacto design típico da KTM e o sistema de transmissão sobreposta. Além do mais, ele entrega 43cv com tanto refinamento técnico, quanto o revestimento de NaCaSil do cilindro e a bomba de óleo para lubrificação forçada, que não só envia o óleo, mas mantém a pressão no cárter, reduzindo a resistência no eixo do virabrequim.
Alguns itens da 390 Duke rivalizam até com os da superesportiva RC8R, com as bengalas invertidas de 43mm.
Assim como na esportiva RC8 R, as 4 válvulas no cabeçote do cilindro da 390 Duke são acionadas por um duplo comando. A arquitetura é extremamente confiável e também muito durável, quase sem atrito, graças à cobertura de carbono duro dos balancins, liberando ainda mais potência. O compacto sistema de escape, com três câmaras, é posicionado perto do centro de gravidade médio. Ajuda na centralização das massas e a manobrabilidade geral da moto.
A KTM 390 Duke é um legítimo exemplar premium, com extrema qualidade e excelência na engenharia.
Considerando o preço praticado na Europa e tomando como referência o preço da CB500F ABS, que é bastante próximo, esta MTK Duke custaria algo em torno de R$ 21.000,00 no Brasil, se tomarmos o preço final da CB500F por R$ 23.000,00 praticado pelas concessionárias. Então sua concorrente mais direta em preço seria mesmo a 500 da Honda. Preço um pouco acima dos R$ 20.000,00 da Kawasaki Kinja 300 ABS e incrivelmente o preço da Benelli BN600 ficaria apenas 3 mil Reais acima, por R$ 24.000,00. A concorrência é forte, e apesar da altíssima qualidade da KTM, as concorrentes de maior cilindrada colocadas aqui ganham em conforto e suavidade. O motor da KTM é muito esportivo e pede giro para divertir. A 390 Duke concorre mais com a Ninja 300 em termos de esportividade. A revista francesa Moto-Station colocou a 500 da Honda frente a 390 da KTM no dinamômetro e a KTM apresentou uma potência equivalente, chegando a superar a 500 por duas vezes, porém ela é mais linear (melhor) na CB500. Também apresentou uma curva de torque alta, mas não superando a 500 da Honda em nenhuma faixa de rotação, considerem que ela tem 100cc a menos no motor. No quesito desempenho a KTM é exemplar devido à ótima relação peso x potência/torque. Inclusive com desempenho superior à 500 em velocidades acima de 110km/h, à custa de mais vibração e menos conforto. Porém, quem quer esportividade não se importa muito com o conforto, não é? E também comparar a vibração de um monociclindro com um bicilíndrico ou um quadricilíndrico é pura covardia. Essa KTM é a cara do jovem consumidor brasileiro, que predominantemente valoriza o desempenho e o design em primeiro lugar, para depois considerar a economia e por último o conforto. Os mais experientes terão certamente outro ponto de vista, mas esta moto não foi feita pera eles.

Avatar do usuário
batugade
Participativo-
Participativo-
Mensagens: 317
Registrado em: 14 Jan 2012, 21:47
Cidade onde mora: Resende/RJ

Re: KTM 390 Duke uma por todas.

Mensagem por batugade » 08 Fev 2015, 13:33

A motoca é bonita mas o que eu queria era uma trail com essas características. Para quem tem perna comprida, andar nessas motos é um parto.

Enviado de meu GT-S6102 usando o Tapatalk 2

Thiago_1100S
Mestre
Mestre
Mensagens: 809
Registrado em: 10 Nov 2014, 22:08
Cidade onde mora: guarulhos/Sp

Re: KTM 390 Duke uma por todas.

Mensagem por Thiago_1100S » 08 Fev 2015, 18:06

É animal.. Mas como a matéria fala os mais experientes querem outras coisas que ela não oferece..

Se eu tivesse grana sobrando... Adoraria comprar uma..
Sent from my Lumia 1020

Avatar do usuário
kablack
Moderador
Moderador
Mensagens: 2365
Registrado em: 23 Jun 2011, 10:44
Cidade onde mora: Sorocaba - SP

Re: KTM 390 Duke uma por todas.

Mensagem por kablack » 08 Fev 2015, 22:03

Sabe o que pega nestas motos? Custo de manutenção. É o tipo de moto para quem usa como brinquedão... Super legal e tals, mas que na hora das revisões o dono chora...

Abraço
"Operator, this is an emergency...what's the number for 911?"

"A luz no fim do túnel foi desligada devido a cortes no orçamento"

Thiago_1100S
Mestre
Mestre
Mensagens: 809
Registrado em: 10 Nov 2014, 22:08
Cidade onde mora: guarulhos/Sp

Re: KTM 390 Duke uma por todas.

Mensagem por Thiago_1100S » 09 Fev 2015, 12:17

Cara só chora quem depende de autorizada.... Pq manutenção dela é fácil....
Sent from my Lumia 1020

Case
Usuário+
Usuário+
Mensagens: 165
Registrado em: 26 Jun 2014, 16:54
Cidade onde mora: Belo Horizonte/MG
Localização: Belo Horizonte/MG

Re: KTM 390 Duke uma por todas.

Mensagem por Case » 09 Fev 2015, 13:45

Pena que não é trail. Street to fora na buraqueira brasilis precisamos de suspensão de grande curso.
Casé,
Belo Horizonte - MG

Responder