Bem-vindo: 26 Jun 2017, 19:37

Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 6 mensagens ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 25 Mai 2015, 09:37 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 23 Jun 2011, 10:44
Mensagens: 2365
Cidade onde mora: Sorocaba - SP
Fonte:

http://www.estadao.com.br/jornal-do-car ... 4537,0.htm


"A nova Yamaha MT-03 foi flagrada rodando em testes na Indonésia. O modelo não chega a ser uma nova geração da antiga MT-03 vendida no Brasil com o mesmo motor da XT600. Apenas o nome foi mantido, mas o conceito é totalmente diferente.

A MT-03 agora será um produto para brigar com os modelo de pequena cilindrada, como Honda CB 300R e Kawasaki Z300, no Brasil.

O modelo está previsto para ser lançado no Salão de Milão, Itália, em novembro e chega ao Brasil em maio. Ela compartilha a mesma plataforma da YZF-R3, o que facilitou seu desenvolvimento. O motor também será o mesmo bicilíndrico de 321 cm³, mas com menos rendimento que os 42 cv da YZF-R3."

Que venha!

_________________
"Operator, this is an emergency...what's the number for 911?"

"A luz no fim do túnel foi desligada devido a cortes no orçamento"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 25 Mai 2015, 10:23 
Offline

Registrado em: 03 Set 2014, 08:12
Mensagens: 211
Cidade onde mora: Bento Gonçalves/RS
Se estão desenvolvendo lá, daqui a uns 05 anos chega aqui... Mas até lá ainda pretendo estar com a 250, quem sabe... :D


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 25 Mai 2015, 10:25 
Offline

Registrado em: 03 Set 2014, 08:12
Mensagens: 211
Cidade onde mora: Bento Gonçalves/RS
Imagem

http://www.bennetts.co.uk/bikesocial/ne ... WMjt09Viko

Já existem especulações...


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 25 Mai 2015, 16:04 
Offline

Registrado em: 08 Mai 2013, 16:37
Mensagens: 279
Cidade onde mora: São Paulo/SP
Se pegarem esse motor e colocarem numa tenerezinha, aí o bicho vai pegar.



Uma tenere com 300cc com uns 38 hps, noooooooooooooooooosa, ta de bom tamanho para cidade e estrada.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 28 Mai 2015, 20:18 
Offline

Registrado em: 31 Mar 2014, 20:59
Mensagens: 63
Cidade onde mora: Rio de Janeiro/RJ
só nao entendo pq a MT-07 nao tem suspensão invertida. até a MT-125 tem


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 02 Jul 2016, 18:09 
Offline

Registrado em: 20 Mai 2014, 21:36
Mensagens: 821
Localização: Zona Norte/Santana
Cidade onde mora: São Paulo/SP
Segue mais informação sobre essa pequena notável. Fonte de consulta: Site da motonline:

Teste - Yamaha MT-03
fonte: http://www.motonline.com.br/noticia/yamaha-mt-03-300cc/
Yamaha MT-03 – 321 cc, não confunda com a de 660 cc, aquela que ficou em produção apenas em 2008 e que deixou saudades. Essa é 321cc e tem promessa de ficar bem mais tempo no mercado. Até porque ela vem do lado negro do Japão, completando a série das MT 09 e MT 07 mas essa que é a mais leve e acessível com 321 cc.
A pequena Naked da Yamaha tem performance e aparência de gente grande
Bom conjunto
O motor tem dois cilindros e o design da moto inteira é bem na linha das suas irmãs maiores, assim como o desempenho. Tudo no mais puro espírito esportivo da marca, nos limites dessa cilindrada claro. Mas não fica devendo muito para motos até maiores que ela. 42 cv a 10750 rpm não é de se jogar fora e não pense que tem que espremer nas rotações para encontrar potência. Ela sai logo em 6500 ~ 7000 giros e cresce forte até a faixa vermelha, de forma que você pode andar forte sem se preocupar muito em manter os giros altos. Mas na hora que puxar aos 8 mil ela empurra como um foguetinho e se você encaixar as marchas corretamente chega logo aos 150 km/h e continua acelerando até 170 km/h, nada mau para uma moto desse tamanho.
O guidão é mais alto do que na R3 mas o painel é o mesmo
O conjunto é bem harmônico para essas condições impostas pelo motor. Suspensão muito bem acertada, mesmo com o farol afixado na direção as condições para o controle na frente da moto se mostram muito bem equilibradas. O mesmo chassi usado na R3 resultou bem acertado para a MT 03 também, diferente de versões de outras marcas. Ao redistribuir as massas partindo de um modelo carenado parhttp://www.motonline.com.br/noticia/ ... 3-1-02.jpg a altura do guidão como a atitude da suspensão são ajustadas para uma reação positiva da frente ao abordar curvas com ondulações e alternância de inclinação de um lado ao outro. A moto é muito equilibrada, inspira muita confiança.
Para um uso tranquilo na cidade ela tem a lenta com torque suficiente. De 2500 rpm até os 7000 ela permite andar com suavidade e conveniência. Não faz da condução nas cidades um trabalho extenuante, bom torque para andar com suavidade ela permite. Mas chama, pede na verdade que se leve o giro para cima, para que coisas interessantes comecem a acontecer.
O motor é o mesmo que equipa a R3 e tem vigor de sobra para empurrar os 168 kg da MT-03
Dois cilindros com pistões forjados e quatro válvulas em cada um deles, tem menos da metade da cilindrada da MT-03 anterior mas muito mais da metade da potência. Aquela tinha 48 cv a 6.000 rpm e esta chega a 42 cv @ 10.750 rpm com peso de 168 kg pronta para andar, contra 192.4 kg daquela.
Em termos de performance temos praticamente os mesmos 4 kg por cv em ambas as motos. Quer dizer que cada cavalo do motor deve dar conta de 4 kg do peso da moto e se já era bom para a 660, se torna melhor ainda para essa 321.
Também o câmbio, muito leve e preciso troca rapidamente as marchas para que você possa adequar a faixa de giro do motor à velocidade da moto. São seis as marchas que tem um escalonamento bem ajustado para a faixa de potência do motor, de forma que você possa usar a marcha certa para cada situação, coisa necessária se quiser máxima performance. Apesar dessa categoria ser de entrada, essa característica demanda habilidade com o giro do motor e a marcha correta para cada situação. Só assim é possível tirar o máximo proveito dos 42 cv disponíveis.
Suspensão
É um grande destaque, tanto quanto o motor. A suspensão faz-se parecer ser muito melhor do que aquilo que seu equipamento oferece. Dado o acerto excelente que fizeram para ela, a qualidade do rodar se parece com o de motos com equipamento muito mais sofisticados como garfo invertido e calibração ajustáveis de compressão, retorno e pré-carga. Para um piloto de peso médio ela é macia, sem oferecer instabilidade ao enfrentar pista ruim e ao mesmo tempo firme o suficiente para se atacar curvas rápidas e mudanças de direção precisas. Não transmite vibração ao chassi nem oscilações indesejáveis.
Freios
Freio de disco grande e pinça de dois pistões apenas no limite provoca alguma torção no garfo
Muito poderosos esses freios, com o disco de 298 mm na frente, apenas do lado direito, provoca um pouco de torção do garfo, nas frenagens mais fortes mas nada que afete a estabilidade da moto. Devem ser aplicados com suavidade e assim permitem boa modulação, pois apenas no limite é que apresentam um pouco de torção.
O traseiro não trava com facilidade e no caso sem ABS, se mostrou bem sensível e fácil de modular.
Chassi
Mesmo chassi da Yamaha R3 nessa Naked se mostrou muito acertado também, principalmente pela boa distribuição de massas
Mesmo da R3 com muitas triangulações, mostra que ficou bem acertado com o novo posicionamento do guidão, apenas um pouco mais alto.
Normalmente, nas motos que tem versão carenada, com guidão mais baixo a distribuição de massas sobre as rodas muda e força uma nova calibração da suspensão dianteira e às vezes também da traseira. A Yamaha fez bem a sua lição de casa porque nessa versão Naked da R3 a estabilidade e manobrabilidade da frente é perfeita, condizente com a geometria de uma Naked. Não perde a frente por nada e mantém controle em todas as situações, com leveza da direção e precisão nas manobras rápidas.
Guidão mais alto desloca o centro de gravidade mais para trás, quando o piloto está sentado na moto e isso muitas vezes deixa a frente leve demais para o acerto feito na moto carenada, com guidão mais baixo. No caso da MT-03 esse deslocamento foi muito bem compensado pelo dimensionamento correto do conjunto farol e também com a calibração da suspensão.
Moto curta, com trail e rake ajustados para fazer curvas bem cavadas essa moto se define com grande esportividade, com uma estrutura de chassi à altura dessa geometria
A nova Yamaha MT-03 não veio substituir a anterior, de 2008. Ela veio para proporcionar uma nova opção de motocicleta, tanto para novos motociclistas como para os mais experientes. A forma que o motor responde permite uma tocada agressiva, de um piloto experiente, tanto quanto calma e tranquila. Ajudado pela curva acentuada mas previsível de entrega de potência e torque, a moto se torna fácil de tocar para um motociclista novato, tanto quanto emocionante e performática para o experiente.
Preço (Tabela Fipe Junho 2016) R$ 19.754,00


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 6 mensagens ] 

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários registrados: --V8--, acnogueiran, Bing [Bot], Fernando e Dani, Google [Bot], Google Adsense [Bot], J.Linder


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB