Crf 250L, como está a reposição de peças

Poste aqui sobre as motocicletas da Honda.
Avatar do usuário
cfarias
Usuário
Usuário
Mensagens: 125
Registrado em: 25 Jun 2013, 15:41
Cidade onde mora: Brotas/SP

Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por cfarias » 29 Fev 2016, 13:37

Crf 250L, como está a reposição de peças sendo que é importada e agora que ela não é mais vendida pela honda, e como ficara futuramente?

Achei uma 2013 com 3.700km zerada, por R$ 15.000,00 sou apaixonado nessa moto, mas tenho medo de como esta sendo a manutenção, já que a mesma é importada e já não esta mais sendo disponibilizada pela honda.

Se alguém tiver mais informações sobre o assunto, fico grato pela ajuda.
Voltar, só se for pra pegar embalo.
Cleiton Farias - Ténéré 250 (blue), planejando um UP nesse ano.

Avatar do usuário
KANEKO
Mestre-
Mestre-
Mensagens: 689
Registrado em: 11 Jan 2015, 14:43
Cidade onde mora: Valinhos/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por KANEKO » 29 Fev 2016, 15:04

Ih amigo acho que essa moto já viro bucha e casamento eterno na minha opnião, boa moto mas ao preço que veio e logo depois a Honda não trouxe mais ai ferro para ela.

Moro no interior de São Paulo é mesmo em Campinas que você todas as motos possiveis nas ruas nunca vi essa Honda tirando no lançamento nas concessionarias.

Sobre a manutenção vai depender de importação e EBAY da vida talvez ela compartilhe muita coisa com a sua irmã de trilha mas dá para levar já que vemos por exemplo um monte de KTM fazendo trila e elas nunca foram importadas oficialmente ai vai da sua vontade de ter esse modelo em si.

Avatar do usuário
cfarias
Usuário
Usuário
Mensagens: 125
Registrado em: 25 Jun 2013, 15:41
Cidade onde mora: Brotas/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por cfarias » 01 Mar 2016, 15:12

Muito obrigado pela opinião amigo.

Só desanimei muito a ideia de comprar peças pela internet da Tailândia onde ela é fabricada, pelo fato de usar a moto no meu dia-a-dia, imagina ficar 3 meses esperando uma peça com a moto parada kkk

Mas até hoje uma moto não me fez brilar os olhinhos como essa fez, muito amigos falam "compra a lander que é quase a mesma coisa" Não, não é a mesma coisa, essa é uma moto de trila com placa.

Mas fazer o que neh, vamos sonhando em uma dia a honda ou yamaha fazer algo a altura nacional, quem sabe o ano de 2017 nos reserva uma nova tornado, com algo próximo a CRF 250L.
Voltar, só se for pra pegar embalo.
Cleiton Farias - Ténéré 250 (blue), planejando um UP nesse ano.

Avatar do usuário
KANEKO
Mestre-
Mestre-
Mensagens: 689
Registrado em: 11 Jan 2015, 14:43
Cidade onde mora: Valinhos/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por KANEKO » 01 Mar 2016, 15:36

A yamaha tem a sua versão também WR250R.

Imagina uma dessa como lander e a uma versão da tenere em cima dela queria mais nada.
Mas a questão é sempre custos.

http://www.yamaha-motor.eu/eu/products/ ... il-005.jpg" onclick="window.open(this.href);return false;

Avatar do usuário
cfarias
Usuário
Usuário
Mensagens: 125
Registrado em: 25 Jun 2013, 15:41
Cidade onde mora: Brotas/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por cfarias » 02 Mar 2016, 09:11

KANEKO escreveu:A yamaha tem a sua versão também WR250R.

Imagina uma dessa como lander e a uma versão da tenere em cima dela queria mais nada.
Mas a questão é sempre custos.

http://www.yamaha-motor.eu/eu/products/ ... il-005.jpg" onclick="window.open(this.href);return false;
Se chegar no brasil (me recuso a escrever com "B" maiúsculo) vem capada, com quadro de ferro, balança de ferro, suspensão dianteira normal, e a preço de Xt660 kkk
Voltar, só se for pra pegar embalo.
Cleiton Farias - Ténéré 250 (blue), planejando um UP nesse ano.

Avatar do usuário
KANEKO
Mestre-
Mestre-
Mensagens: 689
Registrado em: 11 Jan 2015, 14:43
Cidade onde mora: Valinhos/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por KANEKO » 02 Mar 2016, 09:35

Basta a Yamaha querer essa moto esta no mercado europeu/japones e americano a anos tem até uma versão motard ou seja os custos já foram amortizados.

Se visse esse modelo com o preço de sei lá ate uns 17-18 no máximo eu comprava na hora e tenho certeza que muita gente também.

ventania
Participativo-
Participativo-
Mensagens: 326
Registrado em: 08 Mai 2013, 16:37
Cidade onde mora: São Paulo/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por ventania » 02 Mar 2016, 17:37

Ando bastante pelas ruas de São Paulo que acredito ser o maior mercado comprador de motos, falar a verdade para voces................nunca, mas nunca mesmo vi uma rodando nas ruas desde que foi lançada.



Não vendeu nada praticamente e a Honda pelo que falaram já tiraram-na das vendas.

Avatar do usuário
KANEKO
Mestre-
Mestre-
Mensagens: 689
Registrado em: 11 Jan 2015, 14:43
Cidade onde mora: Valinhos/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por KANEKO » 02 Mar 2016, 18:37

ventania escreveu:Ando bastante pelas ruas de São Paulo que acredito ser o maior mercado comprador de motos, falar a verdade para voces................nunca, mas nunca mesmo vi uma rodando nas ruas desde que foi lançada.



Não vendeu nada praticamente e a Honda pelo que falaram já tiraram-na das vendas.
Ventania,

Se nem em SP maior mercado de motos do Brasil vc não ve já da para ver que um fracasso.
Ja saiu faz tempo acompanhei um amigo que estava vendo para pegar uma cg e perguntei sobre ela e me confirmaram que a Honda tiro ela sim.

Avatar do usuário
hdbatistela85
Mestre-
Mestre-
Mensagens: 621
Registrado em: 04 Dez 2013, 09:30
Cidade onde mora: Osasco/SP

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por hdbatistela85 » 02 Mar 2016, 19:15

Nunca vi essa moto na rua em SP ! Peça de reposição a honda é obrigada a fornecer , mas comprar briga toda hora acho que vai passar raiva !

Esses dias vi um cara na general Osório atrás de uma peça para burgman 400 disse que não achava de jeito nenhum e na concessionária queiram uma nota !

Fica a seu ver mas acho que o melhor negócio é esperar uma novidade !


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Avatar do usuário
K-pot
Mestre
Mestre
Mensagens: 833
Registrado em: 02 Mai 2013, 10:29
Cidade onde mora: Viçosa/MG

Re: Crf 250L, como está a reposição de peças

Mensagem por K-pot » 24 Abr 2020, 17:40

Em abril de 2017 peguei uma CRF 250L e tô com ela ate hoje... troquei com cara do RJ pela minha Tenere 660 que tava "sumindo" óleo... se não fosse assim, não teria adquirido pq como disseram aqui, preço muito elevado.

Como a negociação foi com cara de outro estado, fui buscar a moto e quando cheguei em casa comecei a descobrir surpresas e desleixo do dono anterior. Ele fez muitas gambiarras e a pior delas foi colocar (leia-se forçar) um pinhão diferente o que roçou o eixo da arvore secundaria. Foi necessário abrir motor e fui comprar as peças na concessionaria Honda aqui da cidade. Foi engraçado ver a cara de espanto do vendedor quando ele disse o eixo da CRF importada era mais barato que a mesma peça para Bros dele. E só para comparação, a Noellen aqui do Fórum também abriu o motor da lander dela pq deu o mesmo problema e as peças da CRF custaram mais barato... Com 20 dias as peças e juntas de motor chegaram.

Precisei comprar uma capa plastica da corrente e custou só 25 reais... O primeiro filtro de ar custou 50 reais, o segundo 35 (segundo o vendedor tinha na loja e não precisou pagar frete) e como vi que se rodar em terra ele suja fácil, achei melhor comprar um K&N por 380 reais no mercado livre. O quadro B (rabeta da moto) quebrou pq coloquei muito peso (baú). Comprei um novo por 720 reais... Tudo isso na concessionaria e não demorou 20 dias para chegar.

As manutenções fazia em oficinas sem ser concessionaria... muitas peças de XR200, tornado e twister servem nela... complicado foi só a coroa. Esta, o mecânico fez uma adaptação pq a original da concessionaria era mais de 300 reais. Tudo muito barato.

Todos acessórios e filtro de óleo comprei pelo AliExpress... Época boa que o dólar não era R$ 5,70 como hoje, já comprei 10 filtros de óleo por 64,00 reais (incluindo o frete). Apesar de ter sido importada só por 1 ano aqui no Brasil, continua sendo produzida lá fora até hoje e não creio que deva faltar peças. E aqui no Brasil acredito ter um estoque bom.

Já viajei para Argentina (ruta 40) em 2017 e deu um pane elétrica... coisa que um mecânico quando descobriu, fez uma emenda com um fio e me cobrou uma cerveja... não voltou a dar problema e tá assim até hoje na moto.
Já viajei pro Jalapão e quando quando rodei por aqueles arreiões, vi que tava com a moto certa.
Já fiz dois passeios pesados pela serra da Canastra.

Já tive tenere 250 e quando fui buscar num cidade 110 km daqui, sofri. Já a CRF, mesmo com todo desconforto, me cansei muito menos nesses 350 km pq tava me divertindo com a moto. Sorrisão no rosto, pq sentia uma pilotagem diferente. Essa impressão de cara, me fez gostar muito mais da CRF que a tenere.
Não andei de lander, mas o tanque pequeno e a suspensão dianteira invertida da CRF deram um conforto muito bom e segurança. A moto é leve e ela corrigia sozinha minhas "roíces". Passava em cima dos obstáculos e a frente não escapava ou adquiria vida própria.

Para fazer trilha mesmo, aí é necessário fazer varias modificações a começar pela relação (14X40 não é reduzida), tipo de pneu e eliminar alguns quilos como farol, rabeta (placa) e retrovisores. A proposta da moto mesmo é andar durante a semana na cidade e passeios off-road aos finais de semana, mas sem ser muito pesado.

É uma moto que as vezes penso em vender, mas paro para pensar e vejo que não vou conseguir vender por um preço justo (pq as pessoas vão comparar preço com Lander, tenere e XRE) e também por não ter outra moto da mesma categoria que proporcione a mesma diversão com mesmo custo/beneficio. Acabo ficando com ela parada aqui (pq tenho outra moto maior), mas quando faço um passeio off-road, desisto na hora de querer vender e prefiro deixar ela guardada aqui.
CRF 250 L
NC 750X

Responder