Bem-vindo: 21 Out 2018, 19:50

Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 218 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 22  Próximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 27 Jan 2012, 15:53 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 23 Jun 2011, 10:44
Mensagens: 2365
Cidade onde mora: Sorocaba - SP
A revista Motociclistmo deste mês informa que a Honda trará a NC 700 para o Brasil pelo preço de R$ 25.000,00.

Imagem



Já o site MotorDream testou a motocicleta.

Disponível em:
http://motordream.uol.com.br/noticias/v ... cia-urbana



"Honda cria moto ideal para o dia a dia das cidades
por Carlo Valenti/Infomotori
exclusivo para Auto Press

A Honda inventou a NC700x para ser o modelo perfeito para a vida cotidiana. A ideia é agradar tanto os motociclistas mais experientes, que querem locomoção segura e eficiente, quanto aqueles que compraram sua primeira e emocionante motocicleta. O projeto levou em consideração a utilização de uma moto na vida diária e, em seguida, focou em custos mínimos de compra e manutenção. Entre os aspectos mais importantes identificados durante seu desenvolvimento, está a velocidade. A maioria dos motociclistas urbanos raramente ultrapassa os 140 km/h. E, ainda mais importante, a rotação do motor quase nunca vai além de 6 mil rpm. Esses parâmetros ajudaram os designers e engenheiros da Honda a definir melhor como seria uma moto divertida, confortável, eficiente e fácil de pilotar.

Para otimizar os custos de produção, a Honda decidiu construir três modelos de uma única plataforma: a NC700X, a NC700S (a versão naked da NC700X) e a scooter Integra. Para empurrar o NC700X, no entanto, foi usado o novo motor de 670 cc bicilíndrico em linha, com refrigeração líquida, capaz de entregar 47,6 cv com câmbio manual e 52 cv com o sistema automatizado de dupla embreagem DCT, ambos com seis marchas. A potência foi mantida relativamente baixa para minimizar o consumo, mas demandou um estudo cuidadoso para que o motor estivesse sempre disposto a entregar força, de modo a não comprometer a dirigibilidade e prazer ao conduzir. As marchas foram alongadas, por isso a entrega de potência é suave e até mesmo lenta, e o baixíssimo limite de rotações de 6.500 rpm demora a chegar. Mas o propulsor consegue dar à moto boas acelerações, o que demonstra eficiente trabalho da engenharia.

O quadro em formato de diamante deixa o motor em posição mais baixa, o que rebaixa o centro de gravidade e aumenta a agilidade do conjunto, além de distribuir mais uniformemente o peso entre dianteira e traseira (48 % e 52%, respectivamente). A suspensão usa um garfo de suspensão tradicional, na frente, e um amortecedor único atrás. Os freios usam um disco de 320 mm na roda dianteira, e um disco de 240 mm na traseira, sempre com ABS e distribuição eletrônica da frenagem. As rodas são de 17 polegadas com pneus traseiros 160/60 e 120/70 na frente. O peso é de 218 kg com câmbio manual e 228 kg na versão com DCT.

Apesar de pequeno, o tanque de 14,1 litros garante boa autonomia à NC700x. A engenharia conseguiu criar um motor que trabalha com certa folga e capaz de chegar a um consumo de cerca de 28 km/l, garantindo assim quase 400 km entre reabastecimentos. A NC700X já está disponível na Europa. Os preços variam entre 6.590 a 7.590 euros – equivalentes a R$ 15.420 e R$ 17.760. O único opcional é o câmbio automatizado DCT.

Imagem

Impressões ao pilotar

Peso pena


Basta se acomodar sobre a moto para encontrar uma posição muito conveniente independentemente da estatura do condutor. O banco é amplo e acolhedor, os apoios para os pés dão uma postura ereta e correta que evita a fadiga e permite controlar a moto com precisão. No entanto, ao acelerar, chega-se facilmente à rotação limite – de 6.500 rpm –, devidamente controlada pela eletrônica. Inicialmente parece que as marchas não são tão longas, mas depois de alguns quilômetros começa-se a entender como usar o propulsor. Se a busca é por uma condução esportiva, a NC700x é a moto errada. Mas, se a intenção for usar mesmo para locomoção diária, o modelo mostra suas melhores qualidades e faz entender para o que foi projetado.

Ao encarar uma estrada sinuosa, ela também faz bonito, capaz de mudanças bruscas de direção com surpreendente estabilidade nas curvas. O sistema de freios é de alta qualidade e, apesar da presença de um disco único na frente, garante frenagens equilibradas e seguras. Talvez apenas o sistema de distribuição eletrônica da frenagem mereça uma recalibração. A transferência de peso para a frente ainda é muito abrupta quando os freios são aplicados com maior decisão.

A NC700X é uma moto concebida para pessoas entre 20 e 50 anos – mas também atende facilmente àqueles que tenham ultrapassado esse limite de idade –, com pouca ou nenhuma experiência de condução em duas rodas, vindos de automóveis ou scooters pequenas, que buscam refinamento estético, atenção aos detalhes, de baixo custo, baixo consumo e boa dirigibilidade. Mas que não impeça a diversão.



Ficha técnica

Honda NC700x

Motor: A gasolina, quatro tempos, 670 cm³, dois cilindros paralelos, quatro válvulas por cilindro, duplo comando no cabeçote e comando variável de válvulas. Injeção eletrônica multiponto sequencial e acelerador eletrônico.
Câmbio: Manual de seis marchas com transmissão por corrente.
Potência máxima: 51,8 cv a 6.250 rpm.
Torque máximo: 6,1 kgfm a 4.750 rpm
Diâmetro e curso: 73 mm X 80 mm.
Taxa de compressão: 10,7:1
Suspensão: Garfo telescópico de 41 mm com 153,3 mm de curso. Traseira do tipo monochoque com amortecedor a gás, com 150 mm de curso.
Pneus: 120/70 R17 na frente e 160/60 R17 atrás.
Freios: Disco simples de 320 mm em forma de pétala, pinça com pistão duplo na frente e disco simples de 240 mm em forma de pétala, pinça com pistão simples na traseira.
Dimensões: 2,21 metros de comprimento total, 0,83 m de largura, 1,28 m de altura, 1,54 m de distância entre-eixos e 0,83 m de altura do assento.
Peso: 218 kg.
Tanque do combustível: 14,1 litros.
Produção: Hamamatsu, Japão.
Lançamento mundial: 2011.
Preço na Europa: 6.590 euros, ou R$ 15.420."




Minha primeira impressão é de que os R$ 25.000,00 estimados seriam irreais, abaixo do mercado nacional, para uma 700cc.

Porém é o mesmo percentual aplicado para o mercado português.

Vejam a regra de três:

Mercado Português:

Transalp € 19.780,00 = 100%
NC700 € 14.950,00 = x%

x= 14.950 x 100 / 19.780

x= 75,58%

NC700 custa 75,58% do preço da Transalp em Portugal.

Mercado Nacional

Transalp R$ 31.800,00 = 100%
NC700 X = 75,58%

x=75,58 x 31800 / 100

x= R$ 24.034,44

A NC700 pode custar menos de R$ 25.000,00 no mercado nacional.

É esperar a ver.

Como eu comentava hoje com o Guyuga, nosso mercado de média cilindrada nacional ainda tem muito o que amadurecer.

Abraços

_________________
"Operator, this is an emergency...what's the number for 911?"

"A luz no fim do túnel foi desligada devido a cortes no orçamento"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 27 Jan 2012, 16:40 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 31 Jan 2011, 14:42
Mensagens: 1984
Localização: Rio de Janeiro / Barra da Tijuca
Cidade onde mora: São Paulo/SP
Se custar 25K, e ela ficar interessante com bauletos para viagens, começo a repensar sobre esta ou uma v-strom como segunda moto... 15cm de curso de suspa parece confortável em estradas. Esse pneu 160 na traseira deve dar uma encorpada na bichinha. Parece uma CB600R mais alta, gostei do visual e da aparente posição de pilotagem.

_________________
Administrador


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 27 Jan 2012, 17:30 
Difícil será acreditar em uma Honda, 700 cc, por R$25.000,00. :o :o :o

Agora imaginem o preço do seguro dessa moto!!!!!!! :crazy: :crazy: :crazy:


Voltar ao topo
  
 
MensagemEnviado: 27 Jan 2012, 17:58 
Offline
Site Admin
Avatar do usuário

Registrado em: 12 Jan 2011, 18:51
Mensagens: 3475
Cidade onde mora: Salvador/BA
tá ficando interessante

_________________
"Intenção SEM ação é ILUSÃO. Ouse FAZER e o PODER lhe será dado." (Lair Ribeiro)


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 27 Jan 2012, 21:06 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 09 Nov 2011, 08:08
Mensagens: 94
Cidade onde mora: Vila Velha/ES
Eh uma boa noticia.

Acho nossas opcoes no mercado nacuonal muito limitadas na faixa das 250 ,300,400...ou seja,na faixa apos as 125-150. E atualmente quase sempre entre honda e yamaha. A suzuki por exemplo nao tem moto entre as 125 e as motos de maior cilindrada.
Sem contar nos precos absurdos e na pobreza de itens de serie como ABS.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 30 Jan 2012, 12:28 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 27 Fev 2011, 13:15
Mensagens: 315
Cidade onde mora: São Paulo/SP
Kablack, bela comparação e as contas que você fez, só coxinha mesmo kkkkk, me colocaram uma pulga atrás da orelha quanto ao preço!!!
Pode ser que a honda realmente coloque a máquina a 25K...mas isso sem antes falar com as demais marcas....
Quero ver a Yamaha vendendo a XT 660 a 20k e Ténéré a 25k....kkkkk
Abraços


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 Fev 2012, 09:10 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 16 Jan 2011, 23:16
Mensagens: 598
Cidade onde mora: Bauru/SP
Se vier nesse preço aí já se tornou broxante.

http://blogs.estadao.com.br/jornal-do-c ... io-do-ano/

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 Fev 2012, 09:18 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 23 Jun 2011, 10:44
Mensagens: 2365
Cidade onde mora: Sorocaba - SP
Fender;

No texto não ficou claro se o preço anunciado de R$ 28.000,00 seria para a versão com câmbio automatizado ou mecânico.

De qualquer modo no Brasil sempre podemos esperar alguma palhaçada.

Abraço

_________________
"Operator, this is an emergency...what's the number for 911?"

"A luz no fim do túnel foi desligada devido a cortes no orçamento"


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 Fev 2012, 10:19 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 31 Jan 2011, 14:42
Mensagens: 1984
Localização: Rio de Janeiro / Barra da Tijuca
Cidade onde mora: São Paulo/SP
Essa e a Tenere 660 são nichos bem diferentes... Uma destas teoricamente brigaria com a V-strom pelo propósito, mas os números são bem diferentes. Ficaria bem mais espartana.

Continuo gostando da moto...

Achei este vídeo:



Troca de 3ª para 4ª em 118km/h, 4ª para 5ª em 140km/h e a 160km/h está na casa dos 6.000RPM. De 100km/h a 160km/h foram 8s, e ainda tem a sexta...

Acho uma performance justa pelo torque e consumo previsto, além de ter segurança para manter uns 120km/h, mesmo com garupa e bauletos carregados em uma viagem mais longa.

Cada vez mais tô esperando esta...

_________________
Administrador


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: 03 Fev 2012, 10:21 
Offline
Avatar do usuário

Registrado em: 09 Nov 2011, 08:08
Mensagens: 94
Cidade onde mora: Vila Velha/ES
Se vier abaixo de 30mil com certeza será o mais pelado possivel.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 218 mensagens ]  Ir para página 1, 2, 3, 4, 5 ... 22  Próximo

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários registrados: Bing [Bot], diogomail


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB